Estácio: GENTE EDUCANDO GENTE

Graduação

Laboratórios modernos e profissionais atuantes no mercado!

Cursos Livres

Os CURSOS LIVRES da Estácio são opções perfeitas que cabem no seu bolso e com certificação de uma Universidade.

Time Estácio

Posts Recentes

perfumista

Perfumista: O que ele faz?

O perfume que você usa é fruto do trabalho de um profissional que além de entendimentos químicos também é capaz de reconhecer centenas de odores distintos que são combinados para chegar a uma fragrância única. Ao realizador dessa mágica perfumada se dá o nome de perfumista.

Dentre as características desse trabalhador estão o olfato apurado, assim como destreza para trabalhar com elementos químicos em combinações e reações distintas. Conheça um pouco mais sobre essa profissão tão singular.

perfumista

DICA: Faça sua graduação com desconto na Estácio: https://matriculas.estacio.br.

Perfumaria: Arte milenar

O termo perfumaria advém de uma expressão em latim que significa “através da fumaça” que, por sua vez, remete principalmente à origem das fragrâncias que eram utilizadas em rituais primitivos de homenagem aos deuses. Para tanto, foram utilizadas plantas aromáticas.

Séculos depois, chegou a vez dos egípcios aprimorarem a arte que envolve trabalhos com fragrâncias. A sociedade egípcia utilizava técnicas em que ervas aromáticas eram maceradas junto com óleo. O produto final era utilizado, posteriormente, para fins de curas e alívio de dores, com pretensão medicinal, portanto.

Aliás, ainda hoje o perfume não é ligado somente à higiene e boa apresentação, mas pode identificar uma pessoa e até mesmo demonstrar o potencial financeiro que ela tem. Assim, os perfumes acompanham a sociedade ao longo da história, sofrendo mutações quanto ao seu significado e uso de tempos em tempos.

Atualmente, os responsáveis por manipular essências e criar novos cheiros que podem ser comercializados são os perfumistas. Deles são exigidas várias destrezas e tipos de conhecimento diferentes, que são essenciais para o dia a dia dentro do laboratório em que fragrâncias e elementos são estudados.

Perfumista: Entenda a rotina de trabalho desse profissional

Em primeiro lugar é necessário ressaltar que não é qualquer pessoa que pode se tornar um profissional da perfumaria, pois são necessários conhecimentos práticos e teóricos, além de destreza olfativa.

Assim, quem deseja atuar na área deve primeiramente obter um certificado de ensino superior em Química ou Farmácia. São esses os cursos que concedem os conhecimentos básicos laboratoriais que envolvem o desenvolvimento e estudo de fragrâncias e perfumes.

perfumista

Também, é imprescindível que haja plena capacidade olfativa, com a destreza de distinguir fragrâncias. Para se ter noção, um único perfume costuma levar em sua fórmula ao menos 300 ingredientes diferentes entre si. Assim, espera-se que o perfumista tenha conhecimento pleno de ao menos 2.000 elementos que podem compor a receita de futuras essências.

Outros pontos relevantes para quem deseja se tornar um profissional da indústria de perfumes são, além dos conhecimentos teóricos e práticos, o preparo emocional, por exemplo. 

São variados os elementos que podem atrapalhar na preparação de um perfume, de modo que a seleção de candidatos costuma ser extremamente minuciosa. Também, os profissionais costumam lidar com muita pressão e prazos pequenos, de forma que seu controle emocional é crucial para seu sucesso dentro da área de perfumes.

Nesse sentido, destaca-se que não há formação acadêmica específica para perfumistas Brasil, voltada especificamente para este ramo. O curso mais conhecido do mundo, nesse ramo, é oferecido na França, mais especificamente em Versailles. Isso, aliás, faz sentido perante o fato que os perfumes franceses estão entre os mais conhecidos do mundo.

Tanto o curso francês quanto os oferecidos em outros países estrangeiros costumam ter duração entre 2 e 3 anos, após os quais um perfumista está devidamente formado.

Contudo, é importante saber que não basta a formação em um curso específico para se tornar um bom profissional da área, mas principalmente que haja busca constante por atualização, pois constantemente são descobertos novos elementos ou novas combinações químicas que podem resultar em uma nova fragrância arrebatadora.

Não custa lembrar que a indústria da perfumaria move bilhões de dólares anualmente. Além disso, ela produz alguns produtos que são verdadeiros clássicos presentes no mercado há décadas. Dessa maneira, é permitido ao profissional dedicado aos perfumes a criação de alguma essência que se eternize dentre às clássicas.

Há vários profissionais que atuam de forma anônima na indústria de perfumes, auxiliando na composição de perfumes famosos e na busca de novas essências. Dentre os elementos que sõ analisados durante o processo de criação estão os aromas das substâncias e suas características químicas.

Além de elementos encontrados na natureza, atualmente é comum a utilização de matérias-primas sintéticas, que apenas reproduzem odor semelhante a outro encontrado de forma natural.

Portanto, torna-se claro que a profissão de perfumista exige conhecimentos sobre química e física, assim como das matérias-primas e excelência olfativa. Além disso, ainda requer a criatividade do profissional dedicado à arte da criação de novas fragrâncias, que devem estar sempre atentos ao surgimento ou criação de novos aromas.

Embora tenha maior área em países estrangeiros, também é possível se atuar como um perfumista no Brasil.